No Rio, 200 presos se rebelaram após tentativa de fuga

Cerca de 200 detentos do presídio Hélio Gomes, no Complexo Penitenciário da Frei Caneca, na zona norte, iniciaram uma rebelião no início da noite de hoje, após uma tentativa de fuga.Segundo os policiais presentes no local, o motim começou quando cinco agentes foram servir o jantar dos presos das galerias C eD e acabaram rendidos pelo preso de confiança, creditado apenas como ?Carlão?. Os rebelados conseguiram chegar até o pátio,onde foram impedidos de escapar por um agente, que deu o alarme.Uma equipe do Serviço de Operações Especiais do Desipe (SOE) chegou ao local e houve uma curta troca de tiros com osdetentos, armados com pistolas e facas. Os presos puseram fogo em colchões, mas acabaram recuando até o telhado. Elesfizeram quatro agentes reféns. O agente Celso Rodrigues, de 56 anos, conseguiu escapar. Pouco depois da 20 horas, onze homens dogrupo tático do SOE, entraram no presídio usando armas não-letais. O presídio tem 1.100 presos que não pertencem a nenhumafacção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.