No Rio, mais uma criança atingida por bala perdida

Uma criança foi baleada na cabeça nesta segunda-feira à tarde durante troca de tiros entre policiais e traficantes na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio.De acordo com policiais de plantão no Hospital Miguel Couto, na Gávea, na zona sul, onde ela foi operada, a criança se chama Juan Santos de Almeida, tem um ano e sete meses e seu estado é grave.Em protesto, moradores da Cidade de Deus interditaram a Avenida Miguel MendesSalazar, queimando latas de lixo, pneus e madeira. Durante o confronto com ostraficantes, a polícia foi atacada com granadas.Helicópteros foram acionados para dar apoio à operação.Nesta segunda, a menina Letícia dos Santos Lopes, de quatro anos, que morreu neste domingo noMiguel Couto, foi enterrada. Ela havia sido baleada na cabeça, na perna e na barrigadurante confronto entre policiais militares e traficantes da Favela Parque Royal, na Ilhado Governador, zona norte, na última quinta-feira.O enterro aconteceu no Cemitério da Cacuia,no mesmo bairro. A PM reforçou a segurança na região para evitar protestos, como oque houve no dia do tiroteio. Também na quinta, na Cidade de Deus, Natália Silva, de dois anos, foi atingida de raspão na perna por uma bala perdida. Ela estava com a avó em frente ao portão de casa.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2003 | 23h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.