No Rio, nevoeiro fecha Santos Dumont para pousos

Decolagens são feitas com ajuda de instrumentos e no Galeão há registro de cinco atrasos

Fabiana Marchezi, Central de Notícias,

14 Julho 2009 | 09h48

O Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, está fechado para pousos desde as 7 horas desta terça-feira, 14, em razão da falta de visibilidade provocada por um forte nevoeiro. As decolagens são feitas com auxílio de instrumentos.

 

De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), mesmo assim, até as 9 horas, das 34 operações programadas no terminal, apenas duas atrasaram mais de meia hora (5,9%) e uma foi cancelada (2,9%).

Já o Aeroporto Antonio Carlos Jobim (Galeão), que também opera por instrumentos para pousos e decolagens, registrou cinco atrasos, em um total de 31 voos previstos (16,1%). Nenhuma operação foi suspensa no terminal, informou a Infraero.

Mais conteúdo sobre:
aeroportostemponevoeiroRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.