No Rio, oito detentos usam corda de lençóis para fugir da prisão

Policiais fazem cerco nos arredores do Presídio Ary Franco, mas nenhum fugitivo foi recapturado

Pedro Dantas, O Estado de S. Paulo

17 Fevereiro 2009 | 10h48

Oito presos fugiram do Presídio Ary Franco, em Água Santa, na zona norte do Rio, por volta das 5 horas desta terça-feira, 17. Policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar do Méier realizam um cerco nos arredores da unidade, mas até o momento nenhum fugitivo foi recuperado.   Os presos improvisaram uma corda com lençóis para subir até um buraco aberto por eles no teto de uma das celas do Pavilhão D, segundo as primeiras informações. Os detentos teriam escapado para a rua por uma escola municipal ao lado da cadeia.   Inaugurado em 1974, o presídio tem capacidade para 958 presos. Em janeiro, houve uma fuga de três presos da Casa de Custódia Cotrim Neto, em Japeri, Baixada Fluminense.    

Mais conteúdo sobre:
fuga Presídio Ary Franco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.