No RS, confronto fere 3; no CE, preso é encontrado morto

Três presos ficaram feridos durante um confronto entre um grupo de amotinados e agentes penitenciários, na Penitenciária Industrial de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. A rebelião começou ontem ao amanhecer, quando cerca de 80 detentos se recusaram a passar por uma revisão e contagem de rotina, tomaram cinco colegas como reféns e bloquearam o acesso à galeria. A segurança interna enfrentou o grupo. Houve um tumulto, que só terminou quando os reféns foram liberados. Três estavam feridos e tiveram de ser encaminhados a um hospital. Mas o impasse prosseguiu até as 15 horas, quando a Vara de Execuções Criminais aceitou ouvir pedidos de progressão de regime e indulto de fim de ano e ficou de analisar os processos nos próximos dias. Em Aquiraz, cidade na região metropolitana de Fortaleza (CE), o clima foi tenso durante o dia, após a morte, de madrugada, do detento Fábio Bibiano da Silva, no Instituto Penal Paulo Sarasate. Líder de vários motins, ele foi espancado até a morte. A polícia ainda investiga o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.