No RS, homem rouba rádio comunitária e é flagrado por transmissão ao vivo

Câmera que transmitia imagens via internet filmou o momento em que um homem invadiu o estúdio

Lucas Azevedo, Especial para O Estado

29 de dezembro de 2011 | 19h44

PORTO ALEGRE- Uma câmera que transmitia imagens via internet filmou o momento em que um homem invadiu o estúdio de uma rádio comunitária e saiu com uma aparelhagem de som roubada no valor aproximado de R$ 2 mil. O roubo ocorreu no final da tarde dessa quarta-feira, 28, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A Polícia Civil já possui um suspeito. É um morador de rua de 18 anos, com extensa passagem por roubo e furto.

 

Enquanto apresentava o programa de música gauchesca da rádio CS FM, o locutor Dari Silva de Oliveira, 57 anos, não percebeu que às suas costas um homem de camiseta azul e boné o observava. Quando saiu do estúdio, se deparou com o intruso carregando um saco plástico às costas. Ao ver em uma sala fios soltos pelo chão, Oliveira abordou o ladrão, momento em que levou uma coronhada. Ele ficou levemente ferido.

 

As imagens flagraram o homem espiando, depois passando pelo estúdio com os equipamentos e o locutor indo em sua direção. Foram levados um monitor de computador, um nobreak, caixas de som, uma sacola com equipamentos e uma maleta para transmissões.

 

"Para uma rádio comunitária, R$ 2 mil é muito dinheiro para se conseguir", afirmou o diretor da CS FM, Aquino Colaziol. A rádio está legalizada há quatro anos e atinge o bairro Guajuviras, um dos maiores e mais populosos de Canoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.