Reprodução
Reprodução

No Twitter, Eike Batista culpa ciclista morto por acidente

O filho do empresário, Thor Batista, matou ciclista após atingi-lo com Mercedes na rodovia Washington Luís, no Rio; Eike classificou vítima de 'imprudente'

19 Março 2012 | 13h36

O empresário Eike Batista escreveu mensagens no Twitter em defesa de seu filho, Thor Batista, após atropelamento que causou a morte de um ciclista na rodovia Washington Luís, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, na noite de sábado do dia 17.

No Twitter, Eike disse que "a imprudência do ciclista podia ter causado três mortes". O empresário ainda afirmou que Thor "fez tudo o que um cidadão honrado tem a obrigação de fazer: prestou socorro, depôs, assinou e fez o teste do bafômetro". Eike respondeu aos tuítes de pessoas que perguntaram sobre o acidente em seu perfil e lamentou que culpem seu filho pelo ocorrido.

Thor Batista, de 20 anos, não havia consumido bebida alcoólica, segundo teste do bafômetro. Em nota, declarou que lamenta o acidente, mas que o ciclista cruzou inadvertidamente a rodovia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.