"Nordestino também quer ser engenheiro", afirma Lula

O candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin, levou para o debate realizado, nesta segunda-feira, pela Rede Record, as propostas para o Nordeste. Alckmin perguntou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva por que seu governo reduziu meio bilhão de reais de investimento na Região, comparativamente a governos anteriores. Lula respondeu que acha estranho essa pergunta, porque "se tem uma região que atendemos em nosso governo, porque tem mais pobres em nosso País, é o Nordeste". "Nordestino é pensado apenas como pedreiro, mas também quer ser engenheiro", completou, discorrendo também sobre programas sociais na Região em educação e melhoria de renda. "Posso ter cometido alguns erros e não ter feito tudo o que desejo fazer. Mas pergunte a qualquer nordestino o que eu fiz", desafiou o presidente, acrescentando que ninguém fez tanto pelo Nordeste quanto ele. "Eu acho que você pode ter outras críticas a mim, mas não pode falar que não fiz nada no Nordeste". Lula também disse que sua relação com o Nordeste é "sanguínea".Na réplica, o candidato tucano disse que seu compromisso é recuperar o investimento que o governo do candidato petista não fez e cobrou políticas de Lula para o Nordeste: "Ele prometeu a transposição do Rio São Francisco, não existe; a Refinaria da Petrobras, não existe; a Transnordestina, não existe; a Sudene, não existe. Por que na Saúde o nordestino tem de receber metade do que outras regiões do Brasil recebem per capita?", questionou. Lula respondeu dizendo que realmente há diferença entre os dois. "Somos diferentes mesmo, ideologicamente e programaticamente". E citou novamente conquistas de seu governo e fez referência a seu passado de retirante: "O nível de vida do povo tem crescido mais do que em toda a história do País". "Eu conheço aquela gente. Eu vim de lá. Eu fui retirante e vim para São Paulo. Por isso, quero cuidar do Nordeste e Norte para que fiquem em pé de igualdade com o Sul", finalizou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.