Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Norte e Sul de Campinas infestados de mosquitos da dengue

As regiões Norte e Sul de Campinas são as que apresentam maior índice de infestação do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti, segundo pesquisa desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saúde entre 7 e 24 do mês passado.Na região Norte, conforme o estudo, foram encontradas larvas em 2,8% das casas, e, na Sul, em 2,7%. Esse índice é conhecido tecnicamente como Índice de Breteau, que aponta o número de residências infestadas pelas larvas a cada 100 casas.De acordo com a secretaria, a pesquisa indicou que a grande maioria de criadouros são vasos de planta e garrafas vazias. O resultado dos estudos vai nortear ações específicas de combate à dengue em Campinas.Também serão consideradas nas ações áreas com casos confirmados da doença, com casos suspeitos, quantidades e tipos de criadouros encontrados em cada região. O cenário descoberto na pesquisa deve modificar-se com a chegada das chuvas e do verão, quando o número de criadouros poderá ser muito maior, se a população não evitá-los.Neste ano, Campinas registrou 1.429 casos confirmados de dengue, sendo 9 hemorrágicos. Todos evoluíram para a cura. Pelo menos 11 mil suspeitas da doença foram investigadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.