Tiago Queiroz/eEtadão
Tiago Queiroz/eEtadão

Notícias do dia: exame de Bolsonaro, recorde de casos de covid-19 e perdão a dívida das igrejas

Testes rápidos, Lei de Acesso à Informação, processo de impeachment do governador do Amazonas, filas para retirar o auxílio e a conclusão de que o vírus não foi criado artificialmente também foram assuntos desta quinta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2020 | 19h51

O Brasil registrou um novo recorde de casos de coronavírus nas últimas 24 horas. Chegando próximo da capacidade máxima das UTIs, São Paulo analisa ampliar a quarentena. O ministro da Saúde, Nelson Teich, diz que não é hora de flexibilizar o isolamento. O governo promete realizar testes rápidos em 2,3 milhões de idosos no País. E juíza dá 48 horas para o presidente Jair Bolsonaro mostrar os resultados de seus exames de covid-19.  

Veja abaixo a lista das principais notícias do 'Estadão' nesta quinta-feira, 30 de abril de 2020:

1. Brasil encerra abril com 5.901 mortes e 85.380 casos de coronavírus

O Brasil encerra o mês de abril com um total de 5.901 óbitos e 85.380 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, o País registrou 435 mortes e 7.218 novos casos de contaminação de covid-19, informou o Ministério da Saúde.

2. Cidade de SP vai ampliar quarentena e aumentar restrição de circulação

A Prefeitura de São Paulo deve não apenas prorrogar o período de fechamento do comércio não essencial da cidade como ainda bloquear a circulação de carros nos próximos dias, caso a pressão por vagas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) continue nos níveis atuais e o percentual de adesão ao isolamento social se mantenha abaixo dos 50%. 

Leia também: Grande SP tem 89% dos leitos de UTI ocupados e começará a transferir pacientes

3. Teich admite que País pode ter mil mortes por dia e muda discurso sobre isolamento

O ministro da Saúde, Nelson Teich, mudou completamente o tom sobre os planos de flexibilizar o isolamento social defendido pelo presidente Jair Bolsonaro e admitiu que o momento é impróprio, dado o avanço crescente de mortes e contaminações em todo o País.

4. Governo promete realizar testes rápidos de coronavírus em 2,3 milhões de idosos

O governo afirmou que fará mais de 2,3 milhões de testes rápidos em idosos. A medida faz parte de um conjunto de ações voltadas para pessoas que compõem o principal grupo de risco do coronavírus.

5. Onyx diz que filas da Caixa ocorrem por causa da 'natureza' e 'cultura' dos brasileiros

O ministro da CidadaniaOnyx Lorenzoni, afirmou nesta quinta-feira, 30, que as filas em agências da Caixa para recebimento do auxílio emergencial de R$ 600 ocorrem em razão da "natureza" e "cultura" dos brasileiros que têm dificuldade para acessar o aplicativo criado pelo governo.

6. Juíza não aceita relatório médico e dá 48 horas para Bolsonaro entregar exames

A juíza federal Ana Lúcia Petri Betto decidiu dar mais 48 horas para que o presidente Jair Bolsonaro entregue à Justiça “os laudos de todos os exames” realizados para verificar se foi contaminado ou não pelo novo coronavírus. Para a magistrada, o relatório médico enviado pela Advocacia-Geral da União (AGU) não atende “de forma integral” à determinação judicial da última segunda-feira. 

Leia também: Bolsonaro diz que 'talvez' tenha sido contaminado pelo coronavírus

7. STF derruba trechos de MP de Bolsonaro que restringia Lei de Acesso à Informação

Supremo Tribunal Federal derrubou, por unanimidade, trechos da Medida Provisória 928, decretada em março pelo governo Jair Bolsonaro para restringir a Lei de Acesso à Informação (LAI). Todos os ministros votaram de acordo com o relator, Alexandre de Moraes, que suspendeu as mudanças promovidas pelo Planalto em meio à pandemia do novo coronavírus.

8. Marco Feliciano diz que Bolsonaro 'exigiu' análise de dívidas de igrejas, 'à luz da lei'

Um dos expoentes da bancada evangélica no Congresso Nacional, o deputado Marco Feliciano (Podemos-SP) confirmou em postagem no Twitter que o presidente Jair Bolsonaro “exigiu” a análise de dívidas de igrejas com a Receita Federal. Ele garante, no entanto, que essa avaliação seria feita “à luz da lei”.

Leia também: Bolsonaro pressiona Receita Federal a perdoar dívidas de igreja evangélica

9. Processo de impeachment é aberto contra governador do Amazonas

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam)Josué Neto (PRTB), aprovou nesta quinta-feira, 30, a abertura do processo de impeachment do governador do AmazonasWilson Lima (PSC), e do vice-governador, Carlos Almeida (PTB). Com o sistema de saúde colapsado devido à covid-19, o Amazonas pode ser o primeiro Estado do País a ter um governador afastado do cargo durante a pandemia mundial.

10. Coronavírus não foi criado nem modificado pelo homem, afirma inteligência dos EUA

 

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira, 30, terem chegado à conclusão de que o novo coronavírus teve origem na China, mas "não foi criado pelo homem, nem modificado geneticamente". A conclusão nega teorias conspiratórias veiculadas por ativistas anti-China e alguns apoiadores do presidente Donald Trump, que insinuam que o novo coronavírus foi desenvolvido por cientistas chineses em um laboratório de armas biológicas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.