Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Notícias do dia: EUA passam a China, 100 mil recuperados, 'coronavoucher' e domiciliar de Cunha

'BolsoNero', mortes no Brasil, medidas para conter o vírus, acusação dos EUA contra Maduro e a morte da maestrina Naomi Munakata também foram assuntos desta quinta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de março de 2020 | 20h05

O número de casos de coronavírus no mundo passou dos 500 mil. A boa notícia é que outros 100 mil infectados se recuperaram. Os Estados Unidos passaram a China e se tornaram o país com mais casos da covid-19. O Brasil registra 77 mortes e 2.915 infectados. Para enfrentar a crise, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o auxílio para informais pode chegar a R$ 600. E The Economist chamou o presidente de 'BolsoNero' ao criticar a forma dele lidar com a crise do coronavírus.

Leia também sobre a acusação dos EUA contra o presidente da Venezuela Nicolás Maduro, a ida de Eduardo Cunha para prisão domiciliar e a morte da maestrina Naomi Munakata

Veja abaixo a lista das principais notícias do 'Estadão' nesta quinta-feira, 26 de março de 2020:

1. Bolsonaro dá aval para ampliar a R$ 600 auxílio a informais

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a ajuda aos trabalhadores informais durante o período da crise do coronavírus pode chegar a até R$ 600 mensais por voucher. A declaração de Bolsonaro foi feita após o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmar que o valor do auxílio mensal poderia ser elevado de R$ 300 para R$ 500.

2. Brasil tem 77 mortes confirmadas e 2.915 pessoas infectadas com covid-19

Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira, 26, que o País já tem 77 mortes causadas pelo novo coronavírus. De acordo com a pasta, são 2.915 pessoas infectadas. Até ontem, eram 57 mortos e  2.433 casos confirmados, o que mostra um aumento de 37% de óbitos e de 20% de casos oficiais de um dia para o outro.

3. Ministério da Saúde reprova quarentena mais rígida em São Paulo

O secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, disse que a pasta não aprova a adoção de uma quarentena mais rígida no Estado de São Paulo e frisou que, se o governador João Doria (PSDB) decidir fazer isso, não terá a aprovação técnica do ministério.

Leia também: SP tem aumento de internados em estado grave; Doria mantém quarentena

4. De cada R$ 100 de medidas anunciadas para o combate ao coronavírus, R$ 64 ainda não saíram do papel

O baixo numero de medidas implementadas se deve ao fato do governo não ter encaminhado as propostas ou o Congresso ainda não votou os projetos de lei que estão sendo usados para acelerar as ações, incluindo as para ampliar a rede de proteção à população de baixa renda. 

Leia também: Ministério da Saúde diz que 'errou' ao pedir R$ 410 bilhões a Paulo Guedes

5. Mais de 100 mil pessoas superaram a pandemia e voltaram à vida normal

No momento em que o número de mortos e infectados pelo novo coronavírus aumenta e países como Itália e Espanha avançam na contagem de seus mortos, cresce também outra estatística menos divulgada e bem mais alentadora: a dos curados. Em todo o mundo, pelo menos 100 mil pessoas já se recuperaram da doença, segundo estudo da Universidade John Hopkins, dos Estados Unidos.

Leia também: Novo coronavírus atinge marca de meio milhão de casos no mundo

6. 'The Economist' chama presidente de 'BolsoNero' e diz que ele brinca com coronavírus

A revista britânica The Economist escreveu um longo texto sobre o Brasil e disse que o presidente Jair Bolsonaro, a quem chamou de “BolsoNero”, brinca com a pandemia do novo  coronavírus. “É apenas uma gripezinha”, avaliou. Para a publicação, ele mesmo pode ser um vetor da doença já que no dia 15, depois que seu secretário de comunicações deu positivo para o vírus, ignorou as ordens de quarentena e tirou ‘selfies’ com os fãs. Quando o primeiro brasileiro morreu de covid-19 no dia seguinte, o presidente apresentado como populista denunciou uma “histeria” em torno do vírus.

Leia também: Bolsonaro volta a minimizar coronavírus e diz que brasileiro ‘não pega nada’

7. EUA passam China e se tornam país com maior nº de casos de coronavírus

 Os Estados Unidos ultrapassam a China e agora lideram o mundo em casos confirmados de coronavírus: mais de 81 mil. Os cientistas alertaram que o país um dia se tornariam o mais atingido pela pandemia de coronavírus. Esse momento chegou nesta quinta-feira, 26, de acordo com dados coletados pelo New York Times.

Leia também: Pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos atingem maior nível da história

8. EUA processam Maduro e oferecem US$ 15 milhões por sua prisão

O presidente da  da VenezuelaNicolás Maduro, foi processado nos Estados Unidos nesta quinta-feira, 26, de crimes federais de narcotráfico após uma investigação em Washington, em Nova York e na Flórida, informaram fontes próximas ao assunto ao The New York Times. O governo americano também ofereceu US$ 15 milhões de dólares por informações que possam levar à prisão de Maduro, informou um comunicado do secretário de Estado, Mike Pompeo. 

Leia também: Venezuela diz que EUA tentam nova modalidade de golpe ao acusar Maduro

9. Gabriela Hardt põe Cunha em domiciliar para aguardar teste de coronavírus

A juíza substituta Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba, colocou o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha em prisão domiciliar após o emedebista ser submetido a um exame de coronavírus. Cunha realizou uma cirurgia na semana passada com médico diagnosticado com Covid-19.

Leia também: Bretas atende Gilmar e põe ‘doleiro dos doleiros’ em regime domiciliar

10. Morre a maestrina Naomi Munakata; ela estava com coronavírus

Atual diretora do Coral Paulistano Mário de Andrade, a maestrina Naomi Munakata, de 64 anos, morreu nesta quinta-feira. Ela estava internada há cerca de dez dias, desde quando testou positivo para o coronavírus. 

Leia também: Mark Blum, ator de 'Crocodilo Dundee', morre aos 69 anos por complicações da covid-19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.