Montagem/Estadão
Montagem/Estadão

Notícias do dia: massacre em Suzano, Vale, caso Marielle e suspensão do Boeing 737

Recorde na Bolsa, Brexit, Bolsonaro sobre saída de Ilona Szabó, 'lei da mordaça' no Meio Ambiente e retorno de Sandy e Junior também são destaques nesta quarta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de março de 2019 | 20h01

SÃO PAULO - A principal notícia desta quarta-feira, 13, foi o massacre em uma escola de Suzano, na Grande São Paulo. Um novo pedido da Justiça pediu novamente a prisão dos funcionários da Vale investigados pela tragédia de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Os dois acusados presos nesta terça-feira, 13, pela morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) se recusaram a fazer delação premiada. Já nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump suspendeu os voos do modelo da Boeing envolvido em acidentes.

Quer saber os fatos mais importantes do dia? Confira abaixo as principais notícias desta quarta:

Massacre em escola de Suzano, na Grande SP

Luto. Ex-alunos invadiram uma escola em Suzano durante o intervalo e mataram pelo menos cinco estudantes e dois funcionários - 11 pessoas estão feridas. Antes de chegar à instituição de ensino, eles assassinaram o dono de uma loja de carros, que seria o tio de um dos autores do ataque. Depois, roubaram um Ônix branco para se dirigir ao que seria o palco do massacre. Eles portavam um revólver .38, uma besta e um arco e flecha, e se mataram no corredor da escola após notarem a ação da polícia. Uma das hipóteses é que um dos autores atirou no outro e então cometeu suicídio. A polícia investiga eles planejaram o crime em fórum de games

 

Justiça manda prender novamente engenheiros da Vale

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) mandou prender novamente os funcionários da Vale e terceirizados da mineradora investigados no processo sobre o rompimento da barragem da empresa em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Todos haviam sido soltos por força de habeas corpus conseguido no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A tragédia ocorreu em 25 de janeiro e deixou ao menos 200 mortos e 108 desaparecidos até o momento. 

 

Acusados pela morte de Marielle não pretendem fazer delação

Advogados do policial militar reformado Ronnie Lessa e do ex-PM Elcio Vieira de Queiroz, acusados pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes,  negaram que seus clientes pensem em fazer delação premiada. O advogado Fernando Santana, que atua na defesa de Lessa, afirmou ainda que o seu cliente 'sequer havia ouvido falar em Marielle'. Ontem, o governo do Rio Wilson Witzel disse que eles poderiam fazer acordo.  

 

Trump suspende voos com modelo da Boeing envolvido em acidentes

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que seu país também decidiu manter em terra os modelos 737 MAX 7 e 8 da Boeing, após um acidente no domingo com uma dessas aeronaves da empresa na Etiópia. Segundo Trump, a Boeing é uma "grande empresa", mas a decisão já foi comunicada a companhias e a pilotos.

 

Bolsa quebra recorde de fechamento e encosta nos 99 mil pontos

A avaliação dos investidores de que a aprovação da reforma da Previdência evolui sem percalços levou o Ibovespa a bater seu recorde de pontos. O índice de ações chegou a superar os 99 mil pontos e, apesar de não ter conseguido se sustentar nesse nível, terminou a quarta-feira, 13, com alta de 1,10%, aos 98.903,88 pontos, maior nível de fechamento.

 

Parlamento britânico rejeita que Reino Unido deixe a UE sem nenhum acordo

Depois de reprovar duas vezes em dois meses o acordo negociado entre a primeira-ministra Theresa May e a União Europeia para o Brexit, o Parlamento britânico rejeitou a possibilidade de um divórcio não amigável entre o Reino Unido e o bloco. Agora, a Câmara dos Comuns deve decidir nesta quinta-feira, 14, sobre um pedido de extensão do prazo para negociar o Brexit. 

 

Posição sobre legalizar aborto causou demissão de Ilona, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro justificou o pedido para que o ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, demitisse a cientista política e especialista em segurança pública Ilona Szabó por posicionamentos "incompatíveis com o governo", entre eles a legalização do aborto. Em fevereiro, Ilona foi exonerada do posto de membro suplente do Conselho de Política Criminal e Penitenciária um dia após ter sido nomeada por Moro.

 

Justiça manda Assembleia de São Paulo cortar 930 comissionados

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) declarou a inconstitucionalidade de três categorias de cargos comissionados (sem concurso público) lotados nos gabinetes dos deputados da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Na prática, a Casa terá de cortar cerca de 1,8 mil cargos, sendo que 930 estão ocupados atualmente.

 

Sandy e Junior anunciam retorno em turnê com 10 shows; veja as datas

A dupla Sandy e Junior está pronta para voltar aos palcos. Durante coletiva de imprensa realizada no Allianz Parque, em São Paulo, eles confirmaram seu retorno em uma turnê em comemoração aos 30 anos de sua primeira aparição como dupla na televisão. Confira as datas e as cidades em que serão realizados os shows de Sandy e Junior.

 

Ministério do Meio Ambiente impõe lei da mordaça a Ibama e ICMBio

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, impôs a lei do silêncio ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e ao Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). A orientação dada aos órgãos de que não se manifestem publicamente sem submeter, previamente, todas suas informações ao ministério.

 

Tragédia em berçário e escola primária em Lagos, Nigéria

Um prédio de três andares que abrigava um berçário e escola primária desabou nesta quarta-feira, 13, em Lagos, na Nigéria, e soterrou dezenas de crianças.  Segundo testemunhas, quase 20 jovens foram retirados com vida dos escombros após o desmoronamento.

 

Newsletter

Para ficar bem informado, assine as newsletters do Estado e receba os destaques do noticiário por e-mail.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.