Montagem/Estadão
Montagem/Estadão

Notícias do dia: Nióbio, livre-comércio, Mundial Feminino, Brasil x Argentina, Dia do Orgulho LGBT

Avaliação de cocaína em R$ 5,6 milhões, quebra de sigilo de oito pessoas ligadas a Flávio Bolsonaro e números do desemprego também foram destaques desta sexta-feira, 28

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2019 | 21h00

SÃO PAULO - Depois de 20 anos de negociação, o Mercado Comum do Sul (Mercosul) e a União Europeia fecharam um acordo de livre-comércio entre os dois blocos, nesta sexta-feira, 28. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) está no Japão para participar do encontro do G-20 e fez uma transmissão ao vivo para destacar o potencial do nióbio. No Rio de Janeiro, a Justiça determinou a quebra de sigilo de oito pessoas vinculadas ao filho mais velho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). Na Espanha, a Guarda Civil avaliou em cerca de R$ 5,6 milhões os 39 kg de cocaína encontrados com o segundo-sargento Manoel Silva Rodrigues. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso classificou como "ataque criminoso" o caso do vazamento de mensagens entre o ex-juiz Sérgio Moro e o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. Na área da economia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentou novos números sobre o desemprego no País. No mundo dos esportes, a Argentina venceu a Venezuela, classificou-se para a semifinal da Copa América 2019 e vai enfrentar o Brasil, enquanto no Mundial Feminino, os Estados Unidos eliminaram as anfitriãs francesas. Nesta sexta, é celebrado o Dia Internacional do Orgulho LGBT.

Quer saber os fatos mais importantes do dia? Confira abaixo as principais notícias desta sexta:

 

Newsletter

Para ficar bem informado, assine as newsletters do Estado e receba os destaques do noticiário por e-mail.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.