AP Photo/Evan Vucci
AP Photo/Evan Vucci

Notícias do dia: novo exame de Bolsonaro, disparada da Bolsa e emergência nos EUA

Avanço do coronavírus no Brasil, fechamento das escolas em São Paulo, internação compulsória, prisão domiciliar de Ronaldinho Gaúcho negada e a saída de Bill Gates da Microsoft também foram assuntos nesta sexta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de março de 2020 | 19h59

O presidente Jair Bolsonaro informou que o teste para o coronavírus deu negativo. Porém, ele terá que fazer um novo exame e ficar em isolamento. Após dias de pânico, a Bolsa fechou em alta de 13,91%. Mas o dólar quebrou novo recorde e atingiu a marca de R$ 4,81 com o decreto de emergência nacional nos Estados Unidos

Com o aumento do número de casos no Brasil, o ministro da Justiça Sérgio Moro avalia editar medida para internação e quarentena sem decisão judicial. 

Veja mais destaques do dia no portal do 'Estadão'

1. Trump declara estado de emergência nacional por crise do coronavírus

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou emergência nacional e anunciou um plano para acelerar os testes do novo coronavírus no país. A declaração de emergência dá ao Executivo autoridade para usar na crise do coronavírus US$ 50 bilhões, reservados normalmente para desastres naturais.

Leia também: Europa tornou-se o epicentro da pandemia do novo coronavírus, diz OMS

2. Bolsa fecha em alta de 13,91% após dias de pânico

Após o pânico da última quinta-feira, o Ibovespa fechou em alta de 13,91, aos 82.677,91 pontos, enquanto isso, o dólar terminou o dia cotado em R$ 4,81, uma valorização de 0,57%. A moeda, que iniciou o dia cotada em R$4,71, voltou a subir depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, decretou "emergência nacional" no país. 

Leia também: BC já injetou US$ 15 bilhões em março para conter avanço do dólar

3. Bolsonaro fará novo exame de coronavírus e ficará em isolamento

O presidente Jair Bolsonaro informou pela sua página oficial no Facebook que seus exames no Hospital das Forças Armadas e no laboratório Sabin atestaram negativo para o novo coronavírus. Apesar do resultado, o presidente vai repetir o teste no início da semana que vem. Ele também deverá ficar mais alguns dias em isolamento no Palácio da Alvorada.

Leia também: Advogada de Bolsonaro confirma que está com coronavírus

4. Brasil tem 98 casos confirmados e transmissão comunitária em SP e no Rio

O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira, 13, que contabiliza 98 casos para novo coronavírus no Brasil. Há transmissão comunitária, quando já não é possível identificar a trajetória da infecção, em São Paulo e no Rio de Janeiro, disse a pasta. 

Leia também: Governo recomenda fim de aglomerações, ida a bufês self-service e até mesmo velórios

5. Moro deve autorizar internação e quarentena sem decisão judicial

O Ministério da Justiça e Segurança Pública deve editar duas portarias na próxima semana para tentar controlar a expansão do novo coronavírus. Uma delas, ainda em elaboração, permite a internação e a quarentena compulsória de pessoas com suspeita da doença sem a necessidade de decisão judicial. A outra regulamenta medidas de prevenção do vírus em presídios.

Leia também: Governo avalia fechar fronteira com Venezuela para conter propagação

6. São Paulo vai fechar escolas gradualmente a partir de segunda-feira

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou agora que as escolas públicas e privadas devem fechar gradualmente a partir de segunda-feira e até o dia 23 por causa da epidemia do coronavírus. De segunda a sexta as aulas serão normais na rede pública para informar sobre os procedimentos e para que as famílias se prepararem. As universidades públicas e privadas devem suspender já na segunda.

7. Tribunal rejeita novo pedido de prisão domiciliar de Ronaldinho

Um tribunal de apelação rejeitou nesta sexta-feira recurso apresentado no dia anterior pelos advogados de Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão, Assis, para que ambos fossem transferidos para prisão domiciliar. Os brasileiros estão detidos desde sexta-feira em um presídio de segurança máxima em Assunção, capital do Paraguai, após entrarem no país com passaportes falsos.

Leia também: Ronaldinho deve jogar torneio em prisão sob a condição de não fazer gols

8. Juiz manda esfaqueador de Bolsonaro para hospital psiquiátrico de Barbacena

O juiz Bruno Savino, da 3.ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), autorizou a ida de Adélio Bispo de Oliveira para o Hospital Psiquiátrico de Custódia Jorge Vaz, em Barbacena (MG). A decisão atende pedido do juiz Dalton Igor Conrado, da 5.ª Vara Federal de Campo Grande (MS), que permitiu a saída do esfaqueador de Bolsonaro de presídio de segurança máxima na capital de Mato Grosso do Sul para uma unidade a ser definida pela Justiça mineira.

9. Ex-namorada de Floyd Mayweather é encontrada morta

Josie Harris, namorada de Floyd Mayweather por 15 anos, mãe de três de seus filhos, foi encontrada morta em seu carro em frente à sua casa em Valência, Califórnia, na noite de terça-feira. Ela tinha 40 anos.

10. Bill Gates deixa conselho de administração da Microsoft

A Microsoft anunciou que seu fundador e líder histórico Bill Gates vai se afastar do conselho de administração da empresa para se dedicar às suas atividades filantrópicas, nas áreas de "saúde global, desenvolvimento, educação e ataque às mudanças climáticas". Em comunicado, a companhia afirmou que Gates seguirá participando de suas atividades, como consultor tecnológico para o presidente executivo Satya Nadella. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.