STR/AFP
STR/AFP

Notícias do dia: pandemia de coronavírus, pânico na Bolsa, BPC e teto de gastos

Suspensão de investigação contra Flávio Bolsonaro, Ronaldinho na prisão, Weinstein condenado, recifes artificiais e o ataque à base americana no Iraque também foram assuntos desta quarta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2020 | 19h21

A Organização Mundial da Saúde declarou pandemia do novo coronavírus. No Brasil, o número de casos subiu de 37 para 68. A tensão invadiu os mercados, a Bolsa brasileira fechou em queda de 7,6% e o dólar atingiu o valor de R$ 4,72

O Congresso derrubou o veto de Bolsonaro e ampliou o pagamento do BPC, o que deve inviabilizar o teto de gastos. E o pacote que garante R$ 15 bilhões em emendas parlamentares avançou na Comissão Mista de Orçamento. 

Leia também sobre a suspensão de investigação contra Flávio Bolsonaro, Ronaldinho na prisão, a condenação de Harvey Weinstein, recifes artificiais e o ataque à base americana no Iraque

Veja mais destaques do dia no portal do 'Estadão'

1. OMS declara pandemia de novo coronavírus; mais de 118 mil casos foram registrados

A Organização Mundial da Saúde declarou que a rápida expansão do novo coronavírus pelo mundo já se configura como uma pandemia. Nas duas últimas semanas, o número de casos de Covid-19 fora da China aumentou 13 vezes e o número de países afetados triplicou.

2. Hospital de SP confirma 16 novos casos de coronavírus; total do Brasil sobe para 68

O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Brasil subiu para 68, depois da atualização do Ministério da Saúde e dos 16 novos casos confirmados pelo Hospital Israelita Albert Einstein. O ministério monitora 907 casos suspeitos e já descartou 935 análises que deram negativo para a Covid-19.

Leia também: Ideia de Doria de fechar a USP causa mal estar na instituição

3. Bolsa fecha em queda de 7,6% mesmo após 'circuit breaker'; dólar encerra a R$ 4,72

A aversão ao risco deu o tom dos negócios na tarde desta quarta-feira. Após acionar o mecanismo de circuit breaker as negociações na Bolsa brasileira foram retomadas e o índice chegou a atingir queda superior a 12%. A Bolsa reduziu as perdas na última hora de negociações e o Ibovespa fechou em queda de 7,64%, aos 85.171,13. A moeda americana fechou o dia com valorização de 1,62%, aos R$ 4,7226.

4. ‘Despesa com Benefício de Prestação Continuada inviabiliza teto’, diz Mansueto

O secretário do Tesouro do Ministério da Economia, Mansueto Almeida, disse que a derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro sobre o BPC (Benefício de Prestação Continuada) na prática inviabiliza que se cumpra o teto de gastos constitucional já em 2021.

5. Pacote que ‘entrega’ R$ 15 bi a parlamentares avança no Congresso

Em meio a uma tensão entre Planalto e Congresso, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou três propostas enviadas pelo governo que garantem o controle sobre uma fatia de R$ 15 bilhões a R$ 17,5 bilhões em emendas parlamentares ao relator-geral do Orçamento e a comissões da Câmara e do Senado. 

6. Desembargadora suspende investigações sobre ‘rachadinhas’ de Flavio Bolsonaro

A desembargadora Suimei Meira Cavalieri, da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, suspendeu as investigações sobre suposto esquema de ‘rachadinhas’ envolvendo o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro. A decisão é liminar e deverá vigorar até decisão colegiada.

7. Abatido, Ronaldinho se recusa a comer a mesma comida que os demais presos

Ronaldinho Gaúcho tem se recusado a comer a mesma refeição que é servida aos outros detentos de presídio no Paraguai. O ex-jogador e o seu irmão, Assis, só se alimentam com a comida comprada em restaurantes e levada pelos seus advogados. Os irmãos dividem uma cela equipada com televisão e ventilador. O banheiro, no entanto, é comunitário e os brasileiros o dividem com outros detentos. 

Leia também: Ronaldinho é submetido a exame por risco de coronavírus em presídio no Paraguai

8. Harvey Weinstein é condenado a 23 anos de prisão por estupro e agressão sexual

Ex-produtor de cinema e ex-magnata de Hollywood, Harvey Weinstein foi condenado a 23 anos de prisão. A sentença foi anunciada nesta quarta-feira, 11, em um tribunal de Nova York, em sessão que contou com a presença de Weinstein. Ele podia pegar entre 5 e 29 anos de prisão.

9. Apesar de proibição legal, presidente do ICMbio diz que 'não se opõe' a recifes artificiais

O coronel Homero de Giorge Cerqueira, que preside o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), enviou um ofício ao Ministério do Meio Ambiente (MMA) para informar que “não se opõe” ao plano do governo de espalhar dezenas de recifes artificiais no litoral brasileiro, boa parte deles em áreas de preservação ambiental.

10. Dez mísseis atingem base com soldados americanos no Iraque e deixam ao menos três mortos

Ao menos dez foguetes atingiram Camp Taji,  uma base do exército iraquiano que abriga tropas americanas, no 22º ataque contra alvos americanos no país desde o final de outubro. Embora inicialmente o exército iraquiano tenha afirmado que o ataque não causou vítimas ou danos, um oficial americano afirmou que ao menos três pessoas morreram. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.