Notícias do dia: Reformas, reavaliação de bens, armas, currículo de Witzel e Tabata x Weintraub

Liberação de verbas para Educação, compra da Avon pela Natura e criminalização da homofobia também foram assuntos nesta quarta-feira, 22

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2019 | 20h20

A Câmara dos Deputados aprovou hoje a redução de ministérios do governo Bolsonaro e decide também sobre outros pontos da reforma administrativa (MP 870). No Senado, a MP que abre o setor aéreo a empresas estrangeiras e acaba com a cobrança de bagagens despachadas foi aprovada. A reforma tributária também avança e o governo diz que vai apoiar o projeto na Câmara. E Bolsonaro quer a reavaliação de bens declarados no IR. Na Educação, os protestos da semana passada fizeram o governo amortecer o contingenciamento de verbas. E a deputada Tabata Amaral deve processar o ministro da Educação, Abraham Weintraub. Além disso, o governador do Rio, Wilson Witzel, tem item do currículo contestado. E a homofobia pode estar prestes a ser criminalizada no País, exceto no caso de igrejas.

Quer saber os fatos mais importantes do dia? Confira abaixo as principais notícias desta quarta:

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.