Montagem/Estadão
Montagem/Estadão

Notícias do dia: Temer réu, trégua entre Bolsonaro e Maia, reforma com relator, 'Dumbo' no cinema

Demissão da presidente da Embratur, multa a Haddad e estudante da USP preso em sala de aula também foram destaques desta quinta-feira, 28

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de março de 2019 | 20h11

SÃO PAULO - O ex-presidente Michel Temer (MDB) se tornou réu nesta quinta-feira, 28, no caso da mala de R$ 500 mil da JBS. Já o atual presidente, Jair Bolsonaro (PSL), minimizou os atritos que teve nos últimos dias com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em Brasília, o deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) será o relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência. Já a presidente da Embratur, Tetê Bezerra, demitiu-se. Nos cinemas, Dumbo é uma das estreias da semana.

Quer saber os fatos mais importantes do dia? Confira abaixo as principais notícias desta quinta:

Temer réu por mala de R$ 500 mil da JBS

O juiz da 15ª Vara Federal Criminal de Brasília Rodrigo Parente Paiva pôs o ex-presidente Michel Temer (MDB) no banco dos réus pelo suposto crime de corrupção passiva no caso envolvendo a mala de R$ 500 mil da JBS. Segundo a denúncia oferecida em 2017 pelo então procurador-geral Rodrigo Janot e ratificada pelo procurador da República Carlos Henrique Martins Lima, os pagamentos poderiam chegar ao patamar de R$ 38 milhões ao longo de nove meses.

Delegado Marcelo Freitas relator da reforma da Previdência na CCJ

O deputado federal Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) será o relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ). O anúncio foi feito pelo presidente do colegiado, Felipe Francischini (PSL-PR).

Bolsonaro sobre atritos com Maia: depois de 'uma chuva de verão', 'o céu está lindo'

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que as divergências com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foram uma "chuva de verão", mas, agora, "o céu está lindo" e o assunto é "página virada". "O Brasil está acima de nós", declarou. 

Fachin multa Haddad e coligação por impulsionar conteúdo contra Bolsonaro na eleição

O ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que o candidato derrotado à Presidência da República Fernando Haddad (PT) e a coligação "O Povo Feliz de Novo" paguem uma multa de R$ 176.515 por impulsionamento irregular de conteúdo contra Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha presidencial - candidato que saiu vencedor. 

Demissão da presidente da Embratur

A presidente da Embratur, a ex-deputada Tetê Bezerra (MDB-MT), entregou a sua carta de demissão ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Segundo informou a empresa, a troca no comando já estava prevista.

Ex-governador de Goiás José Eliton alvo da Operação Decantação 2

A Polícia Federal deflagrou a Operação Decantação 2 contra fraude em licitações e desvio de verbas públicas da Companhia Saneamento de Goiás (Saneago) por empresários, dirigentes da empresa e agentes públicos do Governo do Estado de Goiás, entre os anos de 2012 e 2016. O ex-governador José Eliton (PSDB) foi um dos alvos de busca e apreensão da operação.

Rumo vencedora do principal trecho da Ferrovia Norte-Sul com o dobro do lance mínimo

Com uma oferta de R$ 2,719 bilhões, a Rumo, opera de logística do grupo Cosan, venceu a disputa pelo trecho central da Ferrovia Norte-Sul, ao oferecer ágio de 100,92%. O valor mínimo de outorga era de R$ 1,353 bilhão pela concessão por 30 anos.

Estudante da USP preso durante aula por operação contra pedofilia

Um aluno da Universidade de São Paulo (USP) foi preso no âmbito da Operação Luz na Infância 4, que mira disseminação e produção de pornografia infantil. Segundo a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, ele foi detido dentro da sala de aula por agentes da Polícia Civil. A ação integrada do Ministério da Justiça e Segurança Pública prendeu 106 pessoas em todo País.

Sacrifício de animais em cultos religiosos considerado constitucional

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que é constitucional a lei que permite o sacrifício ritual de animais em cultos de religião de matriz africana. Os ministros analisaram o tema através de uma lei estadual do Rio Grande do Sul que deixou expresso que é possível o sacrifício animal nessas situações. A autorização foi acrescentada no Código Estadual de Proteção aos animais, que veda agressão e crueldade.

'Dumbo' entre as estreias da semana

Dirigido por Tim Burton, o remake de Dumbo estreia nesta semana nos cinemas paulistanos; acesse a programação completa do Divirta-se.

Newsletter

Para ficar bem informado, assine as newsletters do Estado e receba os destaques do noticiário por e-mail.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.