Nova Carteira de Habilitação traz inovações para dificultar falsificação

A nova Carteira Nacional de Habilitação (CNH) começa a ser emitida pelos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) do País na segunda-feira. O novo desenho do documento traz uma série de inovações que visam torná-lo mais seguro contra falsificações.Uma das novidades é um código numérico personalizado, que será calculado e autenticado em cada documento com base nos números de inscrições estadual e federal que também estarão presentes na nova carteira. A fórmula que gera esse número é de propriedade exclusiva do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).A nova CNH terá, também, marca d´água com a imagem da bandeira nacional e o logotipo do Denatran. Haverá ainda uma faixa holográfica bidimensional, parecida com a que existe na nota de R$ 20. O papel será semelhante ao papel moeda. Os dados do motorista serão impressos em relevo, com tinta especial azul. Junto com outras pequenas mudanças, serão ao todo 20 itens de segurança, frente a 11 do documento antigo.Os motoristas que têm a carteira antiga ainda não vencida não precisam se preocupar em tirar outro documento. A renovação será gradual e a CNH valerá até o vencimento. No entanto, quem desejar poderá substituir o modelo atual pelo novo antes da renovação - mas a data de validade continuará a mesma do documento atual. O Denatran tranqüilizou os motoristas e informou que a nova CNH não terá nenhum custo adicional em relação à antiga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.