Nova frente fria preocupa governador de Santa Catarina

Previsão é de chuvas intensas durante a semana; áreas turísticas não correm riscos

Lúcia Norcio, Agência Brasil

30 Novembro 2008 | 15h14

O governador do estado de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), manifestou neste domingo, 30, preocupação com a chegada de uma nova frente fria no estado prevista para a próxima terça-feira, 2, segundo previsão meteorológica.  "O que tememos agora é que o fenômeno (os temporais das últimas semanas) possa se repetir, porque a previsão é de chuvas intensas com a frente fria prevista para chegar na terça-feira", disse o governador, em entrevista à Agência Brasil, depois visitar áreas atingidas pela chuva no município de Luiz Alves, no Vale do Itajaí.  Veja também:Saiba como ajudar as vítimas da chuvaIML divulga lista de vítimas identificadas Com tempo aberto, SC retoma busca às vítimasHospital de Campanha começa a atender na 2ª Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Massa doa macacão em prol das vítimasMulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina Blog: envie seu relato sobre as chuvas Blog Ilha do sem Blumenau Blog Desabrigados Itajaí Blog Arca de Noé Veja galeria de fotos dos estragos em SC  Tudo sobre as vítimas das chuvas     O governador de Santa Catarina também pediu aos turistas nacionais e estrangeiros que não deixem de visitar os balneários da região oceânica do estado nesse verão. Segundo o governador não há registro de danos causados pelas chuvas nesses locais.  "Não temos registro de nenhum problema nas estações balneárias. De modo que a temporada de verão está garantida. Brasileiros e estrangeiros que costumam freqüentar nossas praias podem vir com toda a tranqüilidade. Não há risco", garantiu. Luiz Henrique da Silveira disse ainda que os turistas não precisam temer as ocorrências de doenças que normalmente aparecem após longos períodos de chuva, como hepatite A e leptospirose (doença causada pela contaminação por urina de rato). "Estamos veiculando campanhas didáticas em jornais, rádios e televisões, orientando a população como proceder a partir de agora." O governador também falou da solidariedade que Santa Catarina vem recebendo, principalmente dos governos dos estados próximos e da sociedade brasileira para a recuperação dos municípios mais destruídos pelos temporais. "Isso (a ajuda) vai possibilitar uma reconstrução mais rápida das cidades", disse.

Mais conteúdo sobre:
chuvasSC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.