TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO
TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO

Nova frente fria: temperaturas voltam a cair principalmente no Sul do País; confira a previsão

A possibilidade de geada se estende para o Sudeste e o Centro-Oeste que também registram mais frio nesta semana

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2022 | 10h27

SÃO PAULO - A massa de ar polar que chegou aos Estados brasileiros desde a sexta-feira, 10, continua causando temperaturas negativas e até geadas em municípios do Sul do País. Desde então, o termômetro ficou abaixo de zero em ao menos 19 cidades. A tendência de frio segue presente na região até a quarta-feira, 15, e afeta ainda o Sudeste e o Centro-Oeste. O município de Urupema, em Santa Catarina, marcou 5ºC negativos. 

O avanço da massa de ar polar sobre o País também traz frio para outras regiões do Brasil, segundo alerta do Inmet, principalmente para São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul.

Conforme o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo (CGE), esta segunda-feira começou com poucas nuvens, ventos e termômetros na casa dos 7°C. A estimativa é de que a temperatura se mantenha baixa por alguns dias e que o ar frio polar só comece a perder força a partir de quinta-feira, 16. Já segundo o Inmet, a temperatura deve variar entre 6ºC e 16ºC nesta segunda-feira. Para terça-feira, a previsão deve ficar entre 8ºC e 18ºC.

De acordo com a Climatempo, o risco de geada aumenta também para o Sul de Mato Grosso do Sul e a região da Serra da Mantiqueira, em Minas Gerais. Algumas cidades do Estado de São Paulo, como os municípios mais altos entre as regiões de Campinas, Pirassununga e Franca, também podem registrar geada ao amanhecer.

Confira como fica a temperatura em outras cidades brasileiras

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta segunda-feira, 13, a temperatura em Florianópolis deve variar entre 9ºC e 20ºC. Na terça-feira, a mínima ficará em 12ºC e a máxima em torno de 20ºC. Desde sexta-feira, 10, uma nova frente fria atua sobre o Sul do País, com possibilidade de novos recordes de frio na região.

Em Curitiba, no Paraná, a mínima nesta segunda-feira permanece em 3ºC, podendo a máxima chegar a 15ºC. A previsão para terça-feira fica entre 7ºC e 17ºC.

Em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, a variação fica nesta segunda-feira entre 10ºC e 15ºC. Na terça-feira, espera que a variação seja entre 9ºC e 20ºC.

No Rio de Janeiro, a variação permanece entre 12ºC e 23ºC. Na terça-feira, a temperatura oscilará entre 14ºC e 23ºC.

Na capital mineira, a mínima nesta segunda-feira será de 12ºC, podendo os termômetros registrarem máxima de 25ºC. Na terça-feira, a mínima será de 10ºC e a máxima ficará em 22ºC.

Em Brasília, a temperatura varia entre 14ºC e 26ºC entre segunda e terça-feira. 

Com possibilidade de chuva isolada ao longo do dia e muitas nuvens, em Goiânia, a variação permanece entre 13ºC e 25ºC nesta segunda-feira. Na terça-feira, os termômetros sobem, podendo a mínima ser de 14ºC e a máxima registrada em torno de 28ºC.

Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, a variação fica nesta segunda-feira entre 7ºC e 22ºC. Na terça-feira, a variação será entre 8ºC e 23ºC.

A tendência é que a temperatura começa a subir no decorrer da semana.

Já no Amazonas e em Roraima, o risco de temporais persiste. No sul da Bahia, dia de muita nebulosidade e pancadas moderadas, conforme a Climatempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.