Nova Friburgo foi a mais castigada pelas enxurradas, segundo os Bombeiros

Comércio da cidade está totalmente fechado e o transporte público ainda é muito precário

Agência Brasil,

15 de janeiro de 2011 | 05h41

SÃO PAULO - O comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, coronel Pedro Machado, disse que a cidade de Nova Friburgo é a mais atingida pelas enxurradas que atingiram os municípios da região serrana nas últimas 72 horas.

O coronel relatou que o comércio da cidade está totalmente fechado e as lojas não abrem porque os empregados moram em locais de difícil acesso e o transporte público ainda é muito precário. Machado disse também que o município de Bom Jardim - localizado no alto da serra, logo após Friburgo - não foi muito afetado na região central da cidade, mas teve várias pontes derrubadas com a força da enxurrada e ainda há regiões no interior completamente isoladas.

O militar informou ainda que para se chegar a essas comunidades isoladas o acesso só pode ser feito por helicópteros de pequeno porte. A geografia dessas cidades mudou e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) terá de abrir novas estradas. As antigas foram totalmente arrastadas pela força da água e no lugar delas há toneladas de pedras, lama e terra.

O comandante do Corpo de Bombeiros afirmou que o tempo chuvoso não está permitindo que as aeronaves cheguem à região serrana. Elas estão baseadas no Rio de Janeiro, esperando que o tempo melhore para ter acesso às áreas atingidas pela tragédia. O oficial informou que várias construtoras colocaram máquinas, homens e equipamentos à disposição do governo do Estado e estão atuando, neste momento, na abertura da estrada Friburgo - Teresópolis, por onde escoa toda a produção de hortaliças, frutas e verduras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.