Novas regras para reaver habilitação começam em julho

Além do curso de reciclagem, motorista que for condenado terá que passar por exame psicológico

Agência Brasil,

13 de janeiro de 2009 | 12h19

Motoristas que cometerem crimes no trânsito ou se envolverem em acidentes graves deverão passar por um curso de reciclagem específico para poder voltar a dirigir. A nova regra foi publicada na última sexta-feira, 9, pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e vale a partir de 1º de julho deste ano.   Veja também: Confira as novas regras para tirar carteira de motorista Motorista condenado terá que passar por exame psicológico   A resolução 300 regulamenta o artigo 160 do Código de Trânsito Brasileiro que prevê a realização de novos exames para permitir que o motorista condenado por crime de trânsito volte a dirigir. Além do curso de reciclagem habitual, os condutores condenados serão submetidos aos exames de aptidão física e mental, avaliação psicológica, prova escrita sobre legislação de trânsito e prova prática de direção. Os motoristas envolvidos em acidentes graves serão avaliados nos mesmo aspectos e também sobre noções de primeiros socorros.   Segundo a coordenadora substituta da Coordenação Jurídica do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Flora Maria Pinto, a finalidade é "padronizar o processo administrativo adotado pelos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans)."   A coordenadora Jurídica do Denatran lembra que os exames somente serão exigidos dos condutores que forem condenados judicialmente por crime de trânsito. Os custos com exames e o curso de reciclagem devem ser pagos pelo motorista. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, são considerados crimes de trânsito atropelamento, dirigir embriagado, rachas, entre outros. As informações são da Agência Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
contrandetrancarteira de motorista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.