Reprodução Google Street View
Reprodução Google Street View

Nove adolescentes morrem em incêndio em centro de internação em Goiás

Fogo teria sido alardeado pelos próprios internos

Marília Noleto, Especial para O Estado 

25 Maio 2018 | 16h32

GOIÂNIA - Nove adolescentes morreram e um ficou gravemente ferido na manhã desta sexta-feira, 25, em um incêndio no Centro De Internação Provisória para menores que fica dentro do 7.º Batalhão da Polícia Militar, no Jardim Europa, em Goiânia. A unidade, no entanto, está sob responsabilidade da Secretaria Cidadã, do Governo de Goiás.

De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, as causas do incêndio estão sendo apuradas em conjunto com o Corpo de Bombeiros. Ainda segundo secretaria, os nomes das vítimas estão sendo levantados e serão divulgados ainda na tarde desta sexta-feira, 25. 

O fogo começou em uma cela da Ala A da unidade e teria sido ateado em um colchão pelos próprios dez internos que ocupavam o recinto. Três chegaram a sair, mas apenas um sobreviveu. Ferido, ele foi levado para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

+++ Incêndio atinge edifício comercial na Marginal do Tietê

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.