Nove municípios do Pará decretam emergência por causa das chuvas

Por causa das enchentes, os municípios paraense de Tucumã, Anapu, Rondon do Pará, Porto de Moz, Almeirim, Itaituba, Prainha, Parauapebas e Eldorado do Carajás decretaram situação de emergência. Segundo a Defesa Civil, mais de 6 mil famílias foram atingidas pelas cheias, incluindo as dos municípios de Tucuruí, Altamira e Portel. Desse total, 350 famílias estão em abrigos provisórios construídos pelas prefeituras. Em todo o Estado, as enchentes já deixaram mais de 34 mil pessoas desabrigadas, segundo último relatório divulgado pela defesa civil.Os rios Itacaiúnas e Tocantins têm causado muita preocupação para a população ribeirinha. Já há mais de 2.500 desabrigados. Muitas famílias foram tomadas de surpresa com o nível do Tocantins acima dos 11 metros. Na usina hidrelétrica de Tucuruí, o nível do lago chegou a 74 metros, o máximo de segurança. Ações emergenciaisNeste final de semana, segundo a Eletronorte, se o volume de água do reservatório aumentar, as comportas serão abertas, o que pode agravar ainda mais as enchentes. A expectativa da Coordenadoria da Segurança Pública Municipal é de que a enchente chegue no máximo a 11,50 metros até o final da Semana Santa.Nas ações de ajuda aos atingidos pelas cheias constam a construção de abrigos provisórios, atendimento médico, distribuição de alimentos e medidas para assegurar a integridade física das pessoas. Junto com a Defesa Civil e o Exército, outras instituições colaboram para ajudar os desabrigados, como a Polícia Militar, incluindo Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, instituições governamentais e não governamentais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.