Novo balanço do TSE mostra que 1.361 urnas foram substituídas

O balanço das 13 horas sobre as eleições em todo o País divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral apresentou pouca variação de números em relação ao boletim de meio-dia. O número de urnas eletrônicas substituídas por terem apresentado problemas técnicos subiu de 1.320 para 1.361, o que representa 0,38% do total de 361.431. O Estado de São Paulo continua sendo o primeiro em número de urnas trocadas, com 352.Segundo o TSE, nas eleições de 2002, 5.719 urnas eletrônicas tiveram de ser substituídas, representando 1,41% do total. Esse número caiu para 2.982 urnas em 2004, o que significou 0,74% do total. A votação manual em 2002 foi registrada em 652 seções, caindo para 259 em 2004. O TSE divulgará boletins sobre a votação a cada hora, durante o dia.O Distrito Federal foi a única unidade da Federação em que não houve substituição de urnas. A votação manual está sendo feita somente em 24 seções, sendo que o maior número também está no Estado de São Paulo, com 8 seções usando cédulas de papel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.