Novo leilão de bens de Sérgio Naya está marcado para dia 21

Leiloar outros bens de Sérgio Naya, como um terreno na Barra da Tijuca, no valor de R$ 40 milhões, e o Hotel Saint Peter, em Brasília, avaliado em R$ 21 milhões, é o próximo passo da Justiça estadual para garantir o pagamento das outras parcelas das indenizações dos moradores do Edifício Palace 2. O juiz Luis Alberto Salomão já marcou para o dia 21 de agosto o leilão dos dois bens. Na madrugada de hoje, foram pagas as indenizações de mais 61 atingidos pelo desabamento do edifício, em 1998. O Banco do Brasil transferiu para as contas dos moradores parcelas que totalizaram cerca de R$ 6 milhões. Todo o procedimento foi realizado na agência do banco no Aeroporto Internacional Tom Jobim. O advogado dos moradores, Nélio Andrade, disse que finalmente "o bem venceu o mal", numa referência ao empresário e ex-deputado Sérgio Naya, proprietário do prédio. O desabamento causou a morte de oito pessoas e deixou mais de 80 famílias desabrigadas. As informações são da Agência Brasil.

Agencia Estado,

30 de julho de 2004 | 10h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.