Novo presidente assume Sindicato dos Motoristas

Os diretores remanescentes do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de São Paulo indicaram nesta terça-feira José Hílton Marçal para assumir, provisoriamente, o cargo de presidente da entidade. Marçal ficará na função enquanto o presidente Edivaldo Santiago da Silva permanecer preso.A entidade tem 64 diretores, 17 dos quais foram citados nas denúncias de acordos com empresas para promover greves. Edivaldo foi detido pela Polícia Federal nesta segunda-feira sob acusação de conluio com empresários de ônibus para promover greves.Além dele, 13 diretores da entidade estão presos e quatro foragidos. O sindicato sofreu uma devassa de policiais federais e promotores públicos e ficou fechado nesta segunda-feira, sendo reaberto somente nesta terça. De acordo com nota do sindicato, os diretores e os associados manifestaram ?solidariedade aos diretores presos?. O documento informa que medidas judiciais estão sendo tomadas para libertar os detidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.