Número de brasileiros em Londres aumenta seis vezes

A quantidade de brasileiros morando em Londres aumentou mais de seis vezes nos últimos dez anos, segundo dados da agência nacional de estatísticas britânica. O levantamento, baseado em dados de um estudo sobre a força de trabalho na capital britânica, mostra ainda que cerca de um terço dos moradores da cidade nasceu fora da Grã-Bretanha.Os dados do Office for National Statistics (ONS) indicam que a quantidade de brasileiros em Londres aumentou de cerca de 4 mil em 1997 para 25 mil neste ano. Os brasileiros não constituem, segundo esses dados, um dos grupos nacionais mais numerosos da capital britânica, mas o crescimento proporcional no período é um dos maiores verificados pelas estatísticas.O crescimento proporcional no número de brasileiros só é superado pelo aumento no número de cidadãos oriundos de países da ex-União Soviética (de 7 mil em 1997 para 67 mil neste ano), da Bulgária (de mil para 19 mil), da Hungria (de mil para 6 mil), da Romênia (de menos de mil para 9 mil) e da Albânia (de menos de mil para 12 mil).Em números absolutos, os indianos (206 mil), bengaleses (133 mil) e irlandeses (114 mil) formam as comunidades de estrangeiros mais numerosas hoje na capital britânica.Atrativo econômicoO número total de habitantes de Londres é estimado em 7,3 milhões, sendo cerca de 2,3 milhões deles estrangeiros. Em 1997, a população total da cidade era de 6,8 milhões, com 1,6 milhão de estrangeiros.Uma das explicações para o crescimento acentuado no número de estrangeiros seria o crescimento econômico britânico, que atrai imigrantes que buscam condições de vida melhores do que em seus países de origem, além de gerar postos de trabalho que nem sempre podem ser preenchidos por britânicos.Segundo o levantamento do ONS, a quantidade de britânicos em Londres caiu 150 mil desde 1997. Para o secretário nacional para a capital, Jim Fitzpatrick, citado pelo jornal The Independent, o país deve garantir a tolerância e a receptividade dos estrangeiros, mas não deve descuidar da manutenção do "caráter britânico"."As pessoas que vêm para cá deveriam aprender a língua, a cultura e a história e compartilhar as riquezas de Londres", disse ele ao jornal.QuestionamentosOs dados do ONS sobre o número de estrangeiros em Londres, porém, são questionados por alguns analistas, que dizem que eles podem estar subestimados. Reportagem publicada pelo jornal londrino Evening Standard questiona, por exemplo, o fato de o número de poloneses na capital ter sido estimado em 70 mil, enquanto o próprio governo britânico já havia estimado em 600 mil a quantidade de imigrantes nos últimos três anos provenientes dos países do Leste Europeu que entraram na União Européia em 2004.Em relação aos brasileiros, o consulado do Brasil em Londres não tem nenhum dado oficial sobre a quantidade de cidadãos do país na cidade ou mesmo na Grã-Bretanha. O número de brasileiros registrados oficialmente no consulado é ínfimo em relação ao total de cidadãos do país vivendo na Grã-Bretanha. Nas últimas eleições presidenciais, por exemplo, apenas 3,5 mil brasileiros se registraram para votar na Embaixada do Brasil. Porém o Itamaraty utiliza uma avaliação superficial feita com base em levantamentos de igrejas evangélicas com atuação na Grã-Bretanha e que estima em cerca de cem mil o número total de brasileiros no país, com metade deles na capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.