Número de candidaturas negadas é oito vezes maior que em 2002, diz TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta segunda-feira novo levantamento sobre o número de candidaturas indeferidas em todo o País, que já somam 1.671 (8% do total). Segundo o TSE, o número é oito vezes maior que os 207 registros negados em 2002 e 167 vezes maior que em 1998, quando apenas 10 registros foram indeferidos pela Justiça Eleitoral.Ainda de acordo com o TSE, mais 20 mil pedidos de registros (87,36%) foram aceitos e 86 ainda aguardam julgamento nos TREs. Do total de candidatos, 8 faleceram e 833 renunciaram.Os estados com maior número de registros negados até o momento foram São Paulo (376), Rio de Janeiro (209), Minas Gerais (119) e Maranhão (102). Roraima (11) e Paraíba (13) são os que registram os menores números de candidaturas indeferidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.