''''Número de carros aumentará''''

Os congestionamentos continuam e os danos ambientais serão ainda maiores. Essa é a conclusão do consultor em engenharia de tráfego e transporte Horácio Augusto Figueiredo, depois de fazer as contas sobre a quantidade de carros em circulação nos horários de restrição que serão impostos pelo novo rodízio, caso seja aprovado. "O número de carros em circulação aumentará", diz ele. "O sistema atual tira das ruas 20% da frota. Mas, como muitas pessoas têm carro extra, saem apenas 15%. Sobram 85% em circulação nas três horas de rodízio, o que dá aproximadamente 28,3% de carros por hora. Com o novo sistema, a conta sobe para 33% por hora."Para Luiz Célio Bottura, consultor em engenharia urbana, novamente o sistema pune o usuário sem propor de fato uma solução. "Quanto mais se empurra o problema para frente, mais complicado fica." Segundo ele, são emplacados 800 carros novos por dia na capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.