Divulgação
Divulgação

Número de cidades afetadas por chuvas no RS volta a subir

Ao todo, 115 municípios gaúchos sofreram algum tipo de dano provocados pelas enchentes; 15.670 pessoas deixaram suas casas

Chico Guevara, Especial para O Estado

04 de julho de 2014 | 09h56

PORTO ALEGRE - Aumentou o número de cidades afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. Conforme atualização da Defesa Civil Estadual, são 115 cidades com algum tipo de dano provocado pelas águas. Destas, 67 decretaram emergência e duas, calamidade pública.

Já são 15.670 pessoas que tiveram que deixar suas casas - 1.624 desabrigados (que estão em abrigos municipais) e 14.046 desalojados (conseguiram refúgio em casas de parentes e amigos).

Na noite desta quinta-feira,3, e madrugada de sexta-feira, 4, uma massa de ar quente provocou intensos temporais em diversas regiões gaúchas. Em Porto Alegre, choveu 75% do esperado para todo o mês de julho. Semáforos não estão funcionando e diversas ruas, alagadas.

No interior, uma das cidades mais afetadas foi Ibarama, na região central do Estado. Fortes rajadas de vento, chuva e até grazino danificaram boa parte das construções do município e afetaram a distribuição de energia elétrica para a maioria dos cerca de 4,5 mil habitantes. A cobertura metálica de um posto de combustíveis foi derrubada sobre dois carros e totalmente destruída.

Nesta manhã, a prefeitura está apurando os prejuízos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.