Número de homicídios dolosos no Rio de Janeiro registra queda em 2010

Latrocínios e tentativas de homicídios também tiveram queda, segundo levantamento

Priscila Trindade, Central de Notícias

09 de maio de 2011 | 14h05

SÃO PAULO - O Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio informou nesta segunda-feira, 9, que houve redução de 17,7% no total de homicídios dolosos em 2010, no Estado, ante o ano anterior. Segundo o balanço, foram registrados 1.026 casos a menos que em 2009. Também houve queda no número de vítimas de latrocínio (29,4%) e tentativa de homicídio (7,3%).

 

 

Sobre os crimes violentos de trânsito, os dados mostram que a lesão culposa teve aumento de 3,9%: foram 1.618 vítimas a mais em comparação com 2009.

 

 

Nas atividades policiais houve aumento do número de prisões no período de janeiro a dezembro, com mais 1.409 casos (7,6%). Os registros de apreensões de drogas diminuíram 14,5%, ou seja, foram 1.600 registros a menos. 

 

 

Da mesma forma, as apreensões de armas diminuíram 15,3%: em relação ao ano anterior, foram apreendidas 1.360 armas a menos. Houve, entretanto, aumento nas apreensões de armamento com maior potencial destrutivo (fuzis, metralhadoras/submetralhadoras e pistolas). Estas armas, de "Categoria A", representam 35,8% do total de apreensões em 2010, contra  30,8% em 2009. 

 

 

Os dados foram colhidos com base nas ocorrências registradas nas Delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
violêncialatrocíniohomicídiocrimes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.