Número de mortes cai 39% no feriado

Registro de feridos e acidentes também caiu nas rodovias de SP

O Estadao de S.Paulo

06 de novembro de 2007 | 00h00

A Polícia Rodoviária Estadual registrou 976 acidentes nas estradas paulistas durante o feriado de Finados, com 569 feridos e 17 mortos. Segundo a polícia, esses números representam queda de 39,4% nas mortes, de 19,7% na quantidade de feridos e de 26,7% no índice de acidentes, em comparação com o mesmo feriado do ano passado. Houve dois mortos no Sistema Anhangüera-Bandeirantes, em um total de 52 acidentes (com 25 pessoas feridas). No Sistema Anchieta-Imigrantes, foram registrados 98 acidentes, 40 deles com vítimas (6 feridos graves e 61 com ferimentos leves). Nas Rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, a Polícia Rodoviária contabilizou 41 acidentes, com 19 vítimas leves.Nas rodovias federais, foram registrados 1.650 acidentes com 104 mortes e 1.076 pessoas feridas no Brasil. No último feriado prolongado (Nossa Senhora Aparecida), foram registrados 1.598 acidentes, com 1.184 feridos e 92 mortos. Os Estados com mais ocorrências foram Minas (314), Santa Catarina (192), Rio (145), São Paulo (133) e Rio Grande do Sul (122). Já os Estados com maior número de mortos foram Minas (24), Santa Catarina (12), Rio (9), Pernambuco (8) e Rio Grande do Norte (6). Esta é a oitava operação especial da PRF num ano em que a curva gráfica da violência no trânsito aponta para o alto. Em São Paulo, o número foi de 133 acidentes com uma morte, por atropelamento, no km 1 da Via Dutra. A estrada teve 124 acidentes, com 51 feridos. Dos 251 acidentes registrados no Paraná, o mais grave aconteceu na noite de domingo e matou cinco jovens nas proximidades de Pato Branco, a 440 quilômetros de Curitiba. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o acidente aconteceu em uma reta na PR-493.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.