Número de mortes cai nas rodovias paulistas no feriado

Durante o feriado prolongado de Tiradentes, houve uma diminuição de 23,6% na média do número de mortes em acidentes nas rodovias paulistas. Segundo balanço divulgado nesta segunda-feira, 24, pela Secretaria de Estado dos Transportes, no feriado deste ano foram registradas 22 mortes, contra 36 em 2005. O total de acidentes também caiu 22,6% na média em comparação com o ano passado. Foram 682 ocorrências neste ano contra 1.101 do ano passado. O número de feridos também caiu, passando de 613 em 2005 para 451 neste feriado, representando uma diminuição de 8% na média entre os dois últimos anos. Sistema Castelo-RaposoForam registrados 16 acidentes, com sete feridos e uma morte, durante o feriado de Tiradentes, no sistema Castelo-Raposo, segundo divulgação da Viaoeste, empresa que administra as rodovias. Esse número está bem abaixo do registrado no mesmo período no ano passado, quando houve 52 acidentes, com 23 vítimas leves, 6 graves e 6 mortes. Cerca de 293 mil veículos circularam pelas rodovias durante este feriado prolongado.DutraO número de acidentes no feriado de Tiradentes na Rodovia Presidente Dutra diminuiu em relação a 2005, segundo relatório divulgado pela NovaDutra, concessionária que administra a rodovia. Comparado ao feriado de Tiradentes do ano passado, o número de acidentes, mortos e feridos caiu em mais de 50%. Foram 61 acidentes que deixaram um morto e 34 feridos. No ano passado, foram registrados 140 acidentes, com quatro mortes e 79 feridos.Os números referem-se ao período compreendido entre a zero hora de quinta-feira, 20 de abril, e a meia-noite de domingo, 23, e dizem respeito a toda a extensão da rodovia, 402 quilômetros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.