Número de mortes nas rodovias de São Paulo sobe 92,3% neste Ano Novo

Foram registrados 1.109 acidentes, 673 feridos e 40 mortos; mais de 12 mil multas foram aplicadas

Priscila Trindade - Central de Notícias,

03 de janeiro de 2011 | 09h08

SÃO PAULO - O índice de mortes nas estradas estaduais de São Paulo teve alta de 92,3% no feriado de Ano Novo em comparação com 2009. Em números absolutos foram 1.109 acidentes, 673 feridos e 40 mortos.

 

Veja também:

blog Acompanhe a situação do trânsito no blog

 

Neste feriado, 20 acidentes fatais foram provocados por colisão frontal. Em Araras, no interior de São Paulo, um veículo invadiu a pista contrária, provocando a morte de sete pessoas, no dia 31 de dezembro. Em Guaratinguetá e em Cerqueira César, colisões frontais também provocaram seis vítimas fatais.

 

De acordo com balanço da Secretaria Estadual dos Transportes, o índice de acidentes registrou um aumento de 11,4% neste feriado. O índice de feridos nas estradas paulistas subiu 14,7%.

 

Índice. Para esclarecer o índice de acidentes (IA) é necessário ressaltar que ele não representa o número absoluto de acidentes nas estradas. Esse índice é calculado levando-se em consideração, além dos dados quantitativos (absolutos), a extensão das rodovias, o volume diário médio de veículos (VDM) nas estradas e o período analisado. A metodologia, que começou a ser discutida no Brasil na década de 1970, é necessária para que haja uma comparação tecnicamente correta.

 

Os policiais militares rodoviários aplicaram 12.728 multas por infrações de trânsito diversas em todo o Estado, sendo que 1.558 veículos foram apreendidos, além de 266 carteiras de habilitação e 1.732 documentos de veículos irregulares. Foram registrados 56 casos de embriaguez.

Mais conteúdo sobre:
RodoviasAno Novoacidentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.