Número de mortos chega a 26 em Minas

O garoto Felipe dos Santos, de 10 anos, resgatado ontem depois de passar quase 15 horas soterrado faleceu nesta madrugada, após passar por uma cirurgia no Hospital de Pronto Socorro João XXIII. Segundo as primeiras informações, a musculatura das pernas da criança teria sido esmagada com o comprometimento de algumas artérias. Com a morte de Felipe, subiu para 26 o número de vítimas fatais no Estado em decorrência das chuvas desde a noite da última quarta-feira, de acordo com o último boletim divulgado pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil. Na capital mineira, morreram ontem 14 pessoas, sendo nove crianças e adolescentes da mesma família que foram soterradas, após um deslizamento de terra na Vila Morro das Pedras, região Oeste de Belo Horizonte. O garoto Felipe foi um dos soterrados. Já em Contagem, na região metropolitana, o Corpo de Bombeiros confirmou a morte de 5 pessoas. Foram registrados ainda vítimas nos municípios de Caratinga, com três ocorrências, Santa Bárbara do Leste (1), Manhuaçu (1), Itabira (1) e Ponte Nova (1). Existem informações preliminares de que o município de Ponte Nova, na região do Vale do Piranga, também foi bastante castigado nesta madrugada pelas chuvas. Até o momento, porém, somente a cidade de Caratinga, na região leste do Estado, mantém o estado de calamidade pública. Os casos de situação de emergência foram homologados em 12 municípios. O Cedec informa ainda que estão sendo avaliados os processos de emergência em outras 21 cidades, mas a estimativa é de que esse número ainda possa ser ampliado. Frente friaDe acordo com o boletim meteorológico, as chuvas que caem no Estado são motivadas por uma frente fria que encontra-se estacionada na região sudeste. Nas últimas 24 horas houve uma intensificação dessa frente, que ocasionaram chuvas fortes, que só devem diminuir de intensidade a partir de amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.