Número de mortos em acidente com ônibus na Bahia chega a 34

Um dos internados faleceu nesta segunda-feira, quando Buíque (PE) começou a enterrar vítimas

Angela Lacerda, O Estado de S.Paulo

05 de dezembro de 2011 | 17h21

RECIFE - Subiu para 34 o número de mortos do acidente na BR-116, na madrugada do sábado, no interior baiano, envolvendo um ônibus fretado da empresa TCB Turismo, uma carreta e um caminhão baú. José Claudio Cavalcanti da Silva, que estava internado na unidade de tratamento intensivo (UTI) do hospital Prado Valadares, em Jequié, teve morte encefálica na manhã desta segunda-feira, 5.

O ônibus levava 45 canavieiros pernambucanos que voltavam para passar o fim do ano com suas famílias, no agreste pernambucano, depois de cumprir empreitada no corte da cana-de-açúcar em Mato Grosso do Sul. A maioria residia no município de Buíque, que começou a enterrar seus mortos hoje. Parte do comércio da cidade fechou suas portas em respeito à dor das famílias.

Do total de 34 corpos, 14 foram levados por avião da Força Aérea Brasileira (FAB) de Vitória da Conquista (BA) para Caruaru no domingo e encaminhados para Buíque. Outros 14 eram aguardados ainda hoje para serem entregues aos familiares para o sepultamento. Um dos corpos foi levado da Bahia direto para Petrolina, de carro, e os cinco restantes ainda se encontravam na Bahia.

Dos 12 feridos, três já foram transferidos de avião, com UTI, para hospitais do Recife. Outros quatro eram aguardados. Os voos foram bancados pelos governos da Bahia e Pernambuco. Um dos feridos continua internado no hospital Prado Valadares e quatro receberam alta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.