Número de mortos em acidente com ônibus no Rio chega a 15

Testemunhas viram ônibus descer a serra na contramão, com o pisca-alerta ligado, antes de despencar em ribanceira e bater em um Renault Sandero

Agência Brasil,

24 Outubro 2012 | 15h03

SÃO PAULO - Subiu para 15 o número de mortos no acidente com um ônibus da Viação 1001, ocorrido na última segunda-feira, 22, no km 102 da Rodovia Rio-Teresópolis (BR-116). O Hospital das Clínicas de Teresópolis confirmou hoje, 24, a morte de Ernestina Santos, 62 anos, internada desde a noite do acidente. Ela chegou a ser submetida a cirurgias, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Seis feridos no acidente já receberam alta do hospital da cidade serrana, enquanto seis pacientes permanecem internados na unidade. Na capital fluminense, dois feridos continuam internados no Hospital Municipal Miguel Couto.

 

O ônibus, que vinha da cidade de Itaperuna, no noroeste do estado, com destino ao Rio de Janeiro, transportava 29 pessoas. Um dos mortos é o motorista Eduardo Fenanti, que trabalhava há quatro anos na Viação 1001, sempre fazendo o mesmo percurso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.