Número de mortos em Petrópolis chega a 28

A prefeitura de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, confirmou na noite desta terça-feira que o número de mortos na cidade subiu de 26 para 28, em decorrência das chuvas que atingem o Estado desde a noite de domingo. Com isso, o número total de mortes em todo o Rio de Janeiro por causa da tragédia já chega a 46.As fortes chuvas podem continuar até quinta-feira no Estado, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A chuva também pode atingir com intensidade o Espírito Santo. São previstas trovoadas e aguaceiros, com a possibilidade até de chuva de granizo."A situação é muito complicada", resumiu o governador Anthony Garotinho (PSB), que levou uma hora e vinte minutos para chegar de helicóptero a Petrópolis. Garotinho disse esperar que o governo cumpra a promessa de liberar verbas. "Em 2000, quando ocorreu uma situação inferior a esta, o governo se comprometeu a liberar R$ 7 milhões e não foi liberado nada até agora." O ministro da Integração Nacional, Nei Suassuna, informou que o governo federal liberará recursos para a recuperação das estradas e das cidades mais atingidas. Ele afirmou que cada município atingido fará um levantamento dos danos e a partir disso o governo federal analisará quanto o Estado receberá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.