AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Número de mortos em SP supera os do Iraque

O número de mortos nesta onda de ataques atribuída à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) em São Paulo ficou acima do total de assassinatos no Iraque. Desde sexta-feira, dia 12, foram 77 contra 48 em Bagdá e cidades próximas.Esse total inclui 15 presos mortos mais 62 vítimas fatais nos ataques de bandidos aos policiais em todo o Estado e na reação da polícia contra os criminosos. Esta é a maior rebelião registrada no sistema prisional da história do País.Os ataques violentos foram destaque na página eletrônica de jornais internacionais. Na BBC News, as notícias dão ênfase ao número de mortos e dá um pequeno histórico da ação do PCC.A rede de televisão CNN noticia: "Gangues brasileiras atacam a polícia e 52 morrem". O jornal argentino La Nación chama a reportagem na capa do site e diz que "São Paulo amanheceu neste domingo sob um clima de tensão, depois de uma madrugada de terror".Na seção de internacional do periódico espanhol El País, a reportagem alerta para a "ofensiva criminal mais sangrenta desde sexta-feira no estado mais rico e povoado do Brasil."Este texto foi alterado à 00h50, com a atualização do número de mortos em SP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.