Número de mortos por chuva na região serrana do Rio chega a 880

Cidade com mais vítimas é Nova Friburgo, com quase metade das mortes; quase 30 mil estão fora de casa

Marília Lopes, Central de Notícias

08 de fevereiro de 2011 | 10h40

SÃO PAULO - O número de mortos pelas enchentes e deslizamentos de terra na região serrana do Rio de Janeiro chegou a 880, segundo boletim divulgado pela Polícia Civil. De acordo com o balanço, as chuvas deixaram 421 vítimas em Nova Friburgo, 362 em Teresópolis, 71 em Petrópolis, 21 vítimas em Sumidouro,quatro em São José do Vale do Rio Preto e uma em Bom Jardim.

 

O balanço da Defesa Civil Estadual informa que 8.777 pessoas estão desabrigadas e ocupam abrigos públicos. Outras 20.790 pessoas tiveram que abandonar suas residências e ocupam a casa de parentes e amigos.

 

Teresópolis, uma das cidades mais atingidas pelas chuvas, registra cinco casos de leptospirose, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Até o momento, há 170 notificações de casos suspeitos de leptospirose. A Secretaria de Saúde informa que todos os possíveis infectados com a doença realizam tratamento domiciliar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.