Número de pessoas desabrigadas começa a diminuir no RS

Águas recuaram e permitiram que mais de 3,8 mil pessoas voltassem a suas casas

Elder Ogliari, O Estado de S. Paulo

30 de junho de 2014 | 15h53

PORTO ALEGRE - As águas de diversos rios do noroeste do Rio Grande do Sul continuaram baixando nesta segunda-feira, 30, o que permitiu que 3.846 pessoas voltassem às suas casas. Levantamentos da Defesa Civil indicam que havia 11.501 desabrigados ou desalojados na tarde de domingo e 7.655 na manhã desta segunda-feira. 

As inundações estão concentradas na bacia do Rio Uruguai, divisa natural do Estado com Santa Catarina, no noroeste, e fronteira com a Argentina, no oeste. Em cidades como Iraí, no curso superior, as águas recuaram e permitiram que parte dos moradores atingidos começasse a limpar suas casas para voltar. 

Já nas cidades localizadas em áreas mais baixas, como São Borja e Uruguaiana, a preocupação é com a passagem do grande volume de água que está descendo o rio e inundando zonas que não foram atingidas pelas chuvas da semana passada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.