Nuvem vulcânica deixa espaço aéreo do País e se desloca para o Atlântico

Poeira expelida por vulcão no Chile está indo em diração ao Oceano Atlântico, segundo instituto argentino

Carolina Spillari, estadão.com.br

15 de junho de 2011 | 15h44

SÃO PAULO - A nuvem de cinzas vulcânicas está fora do território brasileiro, informou a Força Aérea Brasileira (FAB) na tarde desta quarta-feira, 15.

 

O dado foi divulgado com base no último boletim emitido pelo Volcanic Ash Advisory Centres da Argentina (VAAC), instituto responsável pelo monitoramento da situação no Cone Sul.

 

A nuvem de cinzas deixou o território brasileiro e está concentrada sobre o Oceano Atlântico, acrescentou o VAAC.

 

De acordo com a previsão do instituto argentino, a nuvem deverá se distanciar cada vez mais do espaço aéreo brasileiro em direção ao Oceano Atlântico nas próximas horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.