''O amor vai vencer o medo'', afirma petista

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, disse ontem que a divulgação de vídeos na internet - comparando petistas a cachorros da raça rottweiler - mancha a reputação de seus adversários. Sem citar o nome de José Serra (PSDB), ela condenou as ações e, numa ao slogan "a esperança venceu o medo", da campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma disse que, desta vez, "o amor vai vencer o medo".

Anne Warth, O Estado de S.Paulo

25 de setembro de 2010 | 00h00

"Acho que quem faz esse tipo de coisa não mancha a outra pessoa, mancha a si mesma. Não é uma prova de bom comportamento. Eleição é um momento em que você tem de respeitar o eleitor e debater, não fazer esse tipo de coisa", disse, em entrevista coletiva na capital gaúcha.

A campanha de Dilma já entrou com ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para pedir a imediata retirada dos vídeos e as punições de acordo com a legislação. Ao Ministério Público, o PT pediu a abertura de inquérito policial para apurar a autoria.

"Não vou baixar por nada nesse mundo o nível da campanha, nem usar esse tipo de artifício. Acho que dessa vez, além da esperança vencer o medo, também vai vencer o amor pelo Brasil."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.