O nome da gripe

Tutty Vasques escreve todos os dias no portal Estadao.com.br, de terça a sábado neste caderno e aos domingos no caderno Aliás

Tutty Vasques, O Estadao de S.Paulo

02 de maio de 2009 | 00h00

Cedendo a pressões dos fabricantes americanos de feijoada em lata, a Organização Mundial de Saúde decidiu mudar o nome da gripe suína para "influenza A/H1N1". Não deixa de ser uma atitude politicamente correta com o porco, mas, francamente, não podiam inventar um apelido menos complicado para consumo popular? A não ser que a ideia seja exatamente fazer a gente mudar de assunto para não se expor ao constrangimento de não lembrar o nome da gripe no meio da conversa. O certo, entretanto, é que a denominação científica da OMS não vai colar nem por decreto. Pode virar "a gripe que não ousa dizer nome", qualquer coisa, menos "influenza A/H1N1". Se querem mesmo tirar o porco dessa enrascada, precisam criar denominação mais ao gosto da boca do povo. Houve um tempo em que minha mãe também tentou mudar o nome do câncer. Lá em casa, a gente só podia se referir ao mal como "a doença". Melhor que "influenza A/H1N1", né não? FAÇA COMO ELE"Eu lavo as minhas mãos!"Pôncio Pilatos, em campanha do Ministério da Saúde do México para prevenção da gripe suína.AÇÃO HUMANITÁRIASOS Veronica Lario: corre na internet uma lista de adesão ao movimento "Ajude a mulher do Silvio Berlusconi a arrumar um cara mais legal". Ninguém merece!Geração A/H1N1Autoridades demográficas mexicanas preveem para o início de 2010 o surgimento de uma nova geração "baby boom" no país. Com todo mundo trancado dentro de casa no feriadão, já viu né?Ele merece!Às vésperas do Dia das Mães, a do presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad será lembrada ao longo de sua passagem por Brasília e São Paulo na próxima quarta-feira.Marca registradaMantega Unger, o ministro que Ana Maria Braga criou de improviso no Mais Você, pode virar marca de margarina. Parece que a Becel está negociando direitos autorais com a apresentadora. Uma coisa leva à outraCom o fim da Lei de Imprensa, o direito de resposta deixa de ser um recurso ao alcance dos cretinos de marca maior. Resta agora acabar com o habeas corpus que lhes dá direito a não dar respostas.Relaxa, vai!Morreu mais gente ontem de susto que de gripe suína.Desfalque na festaA torcida do Corinthians não tem nada, particularmente, contra a quinta edição da Virada Cultural. A Fiel só não quer ouvir falar em "virada" neste fim de semana. Que vidão!Ubatuba está uma delícia neste feriadão. Só se fala de gripe na praia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.