O Prefeito e o Marqueteiro

João Santana retorna ligação de Dr. Hélio no dia 2 de abril de 2011, às 9h30

, O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2011 | 00h00

Dr. Hélio: (...) Eu preciso de uma ajuda sua.

João: Diga.

Dr. Hélio: Faz dois anos que venho tratando com os chineses da Huawei. A Huawei é uma empresa chinesa que tem aqui em Campinas um centro de desenvolvimento que é o primeiro do Brasil, né. Eles agora querem anunciar lá na China, aproveitando que a presidenta vai tá lá, um grande plano de investimento de US$ 350 milhões no primeiro centro internacional de pesquisa e desenvolvimento em telecomunicações em Campinas para toda a América do Sul.

João: Certo.

Dr. Hélio: É o que eles chamam de Smart Park Huawei, né. Hoje, eles têm 20 centros de pesquisa dessa natureza no mundo. Os 20 tão na China, na Índia, nos Estados Unidos, na Suécia e na Rússia. E o primeiro no Brasil e vai ser aqui em Campinas porque eles já têm um centro de pesquisa aqui no Tecno Park. Ela tá em Campinas já há nove anos.

Ela é a empresa que mais contribui, das estrangeiras, com ISS aqui pra Campinas.

Então, eles têm um showroom lá e me convidaram pra eu tá lá pra eles anunciarem esse investimento de US$ 350 milhões aqui no Brasil, né. Mas queriam que ela (Dilma) passasse lá no showroom.

João: Tem um setor que eles podem levá-la, mas fica em Beijing (Pequim) mesmo, sabe (...) E se puser o showroom no próprio hotel que ela vai ficar?

Deixa eu primeiro fazer essa consulta que na segunda eu devo encontrar com ela. Daí eu falo diretamente com ela pra ver.

Dr. Hélio: Precisava fechar isso João, sabe, até segunda-feira à noite que é o prazo do Ministério das Relações Exteriores.

João: O problema é que eu só vou encontrar com ela segunda à tarde. E é um assunto que por telefone não adianta e mesmo final de semana eu evito falar no telefone com ela. Pra deixar ela descansar. Não sei se ela me liga, mas é o tipo de assunto que ele só tem segmento se for pessoalmente. Aí, na segunda, eu tenho uma conversa com ela fora de agenda, na parte da tarde. Se tivesse ligado antes, alguns dias antes, poderia ter sido mais fácil. Mas eu posso tentar. Na programação dela, eu tô aqui com uma sinopse, feita aqui do 11 e 12, indo em mesa de tecnologia, e não tem nenhum anúncio, entendeu.

Dr. Hélio: Sei. Eu perguntei se facilitaria, se tivesse esse estande em alguma feira, porque ela vai fazer visitas lá em alguns lugares, já nesse local seria muito mais fácil.

João: Que eu não tenho a programação dela aqui de cabeça.

Dr. Hélio: Você acha que no próprio hotel onde ela vai ficar não pode colocar esse estande?

João: Aí seria mais fácil. Mas, é melhor antes de mexer qualquer coisa que ela dê um parecer. Na segunda eu devo encontrar com ela no meio da tarde. Eu converso com ela, eu já anotei aqui e coloco logo no início da agenda.

Dr. Hélio: Tá. Qual é a importância pra Campinas, porque eles vieram ontem e vão estar aqui comigo na terça-feira de manhã os chineses. Qual a razão de eu não ter colocado isso antes? Porque ficou uma disputa pra querer levar eles pra outra cidade que não Campinas. Como eu tô tratando disso com eles há dois anos, desde 2009, não tem sentido eu perder isso aí, entendeu?

João: Eu entendo. Agora, vamos correr com a presidente e eu me empenharei o máximo. Deixa eu fazer esse primeiro contato. E já pela urgência, é que às vezes ela me liga final de semana por outros assuntos. Se ela me ligar, eu trato. Mas é o tipo de assunto que por telefone... Eu trato pessoalmente. Mas se ela me ligar no final de semana, eu digo. Eu nunca ligo no final de semana, mas ai na segunda, eu posso correr atrás disso aí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.