JOSE LUCENA/FUTURAPRESS
JOSE LUCENA/FUTURAPRESS

O que se sabe sobre o desabamento dos dois prédios no Rio

Confira resumo sobre o desmoronamento dos edifícios em Muzema, que deixaram 2 mortos e 17 desaparecidos; área estava sob o domínio de milícias

Marcio Dolzan, Roberta Jansen e Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2019 | 12h41

A comunidade da Muzema, zona oeste do Rio, onde dois prédios desabaram nesta sexta-feira, 12, é uma área sob o domínio de milícias - grupos paramilitares formados por PMs, militares, agentes penitenciários, civis, que exploram ilegalmente vários negócios.

O desabamento dos dois edifícios com construções irregulares deixou ao menos três pessoas mortas, dois homens e uma criança, e outras dez ficaram feridas.

O Corpo de Bombeiros trabalha nos escombros com uma lista de 17 nomes de pessoas que estariam desaparecidas. Eles isolaram a área da tragédia porque outros prédios do entorno estariam em risco iminente de desmoronamento. Cães farejadores já estão no local.

Veja o que se sabe sobre o desabamento no Rio

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.