''O seu cigarro vem sempre aqui?''

Cercados viram lugar ideal para paquerar nos bares

, O Estadao de S.Paulo

08 Agosto 2009 | 00h00

As mãos parecem maiores do que o corpo. O sorriso amarelo não convence, e a música ensurdecedora deixa até a pergunta "oi, qual é o seu nome?" parecer idioma de marciano. Nesse contexto, os "puxadinhos" criados para abrigar fumantes, fora das casas noturnas e longe do som ambiente, viraram espaços ideais para o flerte."Meu, olha quanta mina gata aqui", dizia Thiago Estrela, de 25 anos, quase não fumante, mas interessado nas garotas que, essas sim, fumavam bastante e quase não saíam do "cercado" em frente ao bar Praça Madalena. "Aqui fora está muito mais interessante do que lá dentro", concordava Igor Polachini, de 26 anos, que disparava olhares galanteadores para todas as garotas que pediam o seu isqueiro.Frases já consagradas no mundo do xaveco, como "oi, você tem fogo?", ganharam a parceria de "o seu cigarro vem sempre aqui?" e até "nossa, você tem um charme para soprar a fumaça". Valia até enfrentar a cortina cinza mesmo não sendo fumante. "Não, eu não fumo, mas vim ficar mais perto de você", dizia um deles para uma delas.A estratégia de reservar espaços cercados por faixas foi utilizada por vários bares e danceterias da Vila Madalena. Em geral, cabem de três a cinco pessoas, o que exige "rodízio" de fumantes. Na balada Trash 80?s, no centro de São Paulo, foi montado um dos maiores "puxadinhos do fumo". Cabem 30 pessoas de uma vez só, todas com suas devidas pulseiras que identificam quem pode sair para fumar - mais uma tática usada por quem quer dar "cantadas" direcionadas a fumante.O MANUAL ADVERTEAntes que os especialistas da área da saúde reclamem, é bom lembrar que o fumo faz mal à saúde, não é considerado hábito saudável e compromete o desempenho sexual de homens e mulheres. Pesquisas já atestaram que, além da impotência, a fertilidade também é comprometida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.