OAB pede imediato afastamento de diretores da Anac

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, ajuizou nesta terça-feira, 4, uma ação civil pública na Justiça Federal de Brasília contra os diretores, inclusive os recém-afastados, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) por improbidade administrativa. No texto da ação, a OAB pede, em caráter liminar, o imediato afastamento dos diretores da agência. O presidente da OAB afirma que a decisão de acionar a Justiça visa "evitar que eles possam, como já se tem notícia pela mídia televisiva e impressa, vir a prejudicar o andamento das investigações, que, ao que tudo indica, agravarão ainda mais a situação dos mesmos." A Ordem dos Advogados pede ainda que a Anac seja condenada a pagar pelos danos causados às pessoas que usam transporte aéreo.

FELIPE RECONDO, Agencia Estado

04 Setembro 2007 | 17h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.