Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

OAB vai punir oferta de serviço

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB-Rio), Wadih Damous, disse ontem que vai punir com rigor os advogados que estiverem assediando as famílias dos passageiros do Airbus 330 da Air France.Em nota, Damous afirma que a denúncia de que advogados estariam oferecendo seus serviços aos parentes das vítimas hospedados no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, chegou até ele por meio de uma correspondência enviada pela diretora geral da Air France no Brasil, Isabelle Birrem."Aqueles profissionais que estiverem violando o código de ética responderão disciplinarmente pela grave irregularidade", garantiu o presidente da OAB-Rio, salientando que "advogado não é abutre a farejar a dor humana, nem a advocacia deve ser confundida com revenda de automóveis ou anúncio de peças íntimas".Damous, que está em evento em São Luís, no Maranhão, lembra ainda que os profissionais da advocacia serão necessários para orientar os familiares, mas que a procura cabe exclusivamente às famílias dos passageiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.